18 maio 2008

dedicado às mulheres mães # dedicated to all women mothers

Vi isto no Artemix da Sónia e achei fabuloso! I saw this on Sónias's Artemix and found it fabolous!
É mesmo conversa de mãe, stress de mãe, preocupação de mãe... enfim, amor de mãe! :) Desde que eles nascem a nossa vida muda completamente, não é? It's really mother's talk, mother's stress, mother's concern... well, mother's love! :) Since they're born our life changes completely, isn't it?


E mais um texto muito interessante sobre mulheres e mães: And one more very interesting text about women and mothers:

Profissão Mãe


Uma mulher foi renovar a sua carta de condução.

Perguntaram-lhe qual era a sua profissão.
Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.
"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.
"Claro que tenho um trabalho", exclamou.
"Sou mãe".
"Nós não consideramos "mãe" um trabalho.
Vou colocar "Dona de casa", disse o funcionário friamente.

Não voltei a lembrar-me desta história
até ao dia em que me encontrei numa situação idêntica.

A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira,
segura, eficiente, dona da situação
e perguntou: qual é a sua ocupação?

Não sei o que me fez dizer isto,
as palavras simplesmente saltaram-me da
boca para fora
"Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."
A funcionária fez uma pausa,
a caneta de tinta permanente a apontar para o ar
e olhou-me como quem dizia que não ouviu bem.

Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.
Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo,
com tinta preta, no questionário oficial.
Posso perguntar, disse-me ela com novo interesse,
o que faz exactamente?

Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz,
ouvi-me responder:
"Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isso), em
laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e
fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família),
e já recebi quatro projectos (todas meninas).
Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?),
o grau de exigência é em nível de 14 horas por dia (para não dizer 24 horas).
Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de
preencher o formulário, se levantou e, pessoalmente me abriu a porta.

Quando cheguei em casa, com o título da minha carteira erguido,
fui recebida pela minha equipe:
uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3 anos.
Do andar de cima,
pude ouvir o meu novo rebento (um bebé de seis meses),
testando uma nova tonalidade de voz.
Senti-me triunfante!

Maternidade... que carreira gloriosa!

Assim, as avós deviam ser chamadas
"Doutora-Sénior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas".

As bisavós:
"Doutora-Executiva-Sénior".

E as tias:
"Doutora - Assistente".

Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres,
mães, esposas, amigas, companheiras.

Doutoras na Arte de fazer a vida melhor!


Occupation Mother

A woman was to renew her driving licence.
They asked her what was her profession.
She hesitated, not knowing well how to classify.
"What I'm asking is whether you have a job," stressed the official.
"Of course I have a job," exclaimed.
"I am a mother."
"We do not believe that "mother"is a job.
I will put "Domestics" said the official coldly.

I almost forgot this story until the day that I got in a similar situation.

The person who attended me was obviously a career civil servant,
secure, efficient and fully in charge of the situation,
and asked: what is your occupation?

I do not know what made me say this,
the words just jumped off my mouth
"I am a PhD in Child Development and Human Relations."
The official looked at me as someone who was not hearing well.

I repeated slowly, emphasizing the most significant words.
Then noticed, delighted, as she was writing,
with black ink, on the official questionnaire.
May I ask, she told me with a new interest,
what exactly do you do?

Calmly, without any trace of agitation in my voice, I
heared myself answering:
"I develop a long-term programme (any mother does this),
laboratory and field trial (normally I would have said within and
outside the home). I am responsible for a team (my family),
and has received four projects (all girls).
Work on an exclusive dedication (some women disagree?)
the level of care is a level of 14 hours per day (not to say 24 hours).
There was an increasing tone of voice in respect from the official who has just
completing the form, stood up and, personally opened the door for me.

When I arrived at home with the title of my portfolio built,
I was received by my team:
one with 13 years of age, with another of 7 and another of 3 years of age.
From the top floor, I could hear my new project (a baby of six months) testing a new tone of voice.
I felt triumphant!

Parenting... that glorious career!

Thus, the grandparents should be called
"Doctor-Senior in Child Development and Human Relations."

The bi-gradparents:
"Doctor-Executive-Senior."

And the aunts:
"Doctor - Assistant."

A loving tribute to all women,
mothers, wives, friends, colleagues.

With a PhD in the art ofn making life better!

Encontrei-o no blog da Mena, mas já o conhecia de algum lado. I found it in Mena's blog, but I've seen it somewhere before.

23 comentários:

Daniela Tavares disse...

Oi!!

Eu já conhecia esse texto... é mesmo lindo!!

Beijitos!!!

magsan disse...

Que espectáculo!!! bjinho ;O))

Sonia M. disse...

Que lindo....

Joanita disse...

Não linda, ainda não estou a trabalhar.

O nosso cafézinho... Pois é!
Vens tu a Azeitão, tá? :P

Esta semana não, mas para a outra por mim pode ser, gostava muito :)

*mmmmuuuuuaaaaahhhhhh!!!!
Joanita

maiu :) manchinha da vaca disse...

Adorei o desenho que a M. fez dos passarinhos, um amor mesmo ;)

Quanto ao texto, lindo!
Beeeijos e otima semana!

MARIA LEMOS disse...

Olá Ana Paula,
É de facto fantastico o conteudo deste texto...obrigada pela tua simpatica visita.Um beijinho e uma boa semana para ti
maria Lemos

Enfim... disse...

muito fixe

cá a minha é a melhor mae do mundo eheheheh

beijinhos

boa semana

wilma disse...

Obrigada pela ajuda a respeito das fotos.
Esse texto é mesmo maravilhoso!
Ser mãe é uma benção.
Por mais que nossas noites nunca mais serão as mesmas, nossas vontades nem sempre serão respeitadas...mas haverá sorrisos que iluminarão nossos dias pra sempre!!! Beijocas.

Anya disse...

ahahahahahahhahahahahahahahah...

que riso... tá demais! =P E quem não ouviu estas palavras?

beijo grande para ti minha kiduxa

gosto-te =)

Paula disse...

♥•.¸¸.•♥´¨´♥~•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥´¨´♥´¨´♥

.....@@...........
...@(´;´)@.........
.0==/--\\==0.......
..../_!_\\.........
...._| |_..........

♥•.¸¸.•♥´¨´♥~•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥´¨´♥´¨´♥
Um beijão :)

anni disse...

exelente, gracias por mostrarlo, feliz dia.

Nira disse...

Parabéns pela mensagem!
Realmente que trabalho maior do que ser mãe, muito embora gratificante!
NIRA

Sorrisos em Alta disse...

Bem... para não voltar a ser mal-interpretado, vou ter que fazer um comentário sério, não é?

Pois, a sério.... a sério...

Foi o que me pareceu. Se é para falar a sério, não tenho nada para dizer!!!

;o)

Bjocas
E uma óptima semana

Várias Paixões disse...

Muito, muito ,muito fixe mesmo, não conhecia, e obrigado pelo texto das mães...que parece um "trabalho" tão insignificante, além dos trabalhos que maior parte de nós ainda tem fora de casa, mas se por acaso dizemos que andamos cansadas, nunca ninguém percebe porquê...é trabalhar,tratar de toda uma casa(inclui já limpezas,refeições, roupa....etc,ect),ir por á escola, ao ballet á natação...fazer boa cara, estar sempre bem disposta e a rir,dar amor ,atenção,carinho e tudo o mais............mas cansadas????Não pode ser....nós até "quase nem fazemos nada", enfim somos mulheres e mães, ou seja umas guerreiras totalmente ncansáveis!!!Mas felizes!!!
Beijinhos grandes e obrigado por continuares a visitar-me,volta sempre.
Ana

Lojinha da Avó Mina disse...

Olá,
Deixei-lhe um miminho no meu Blog

Beijinhos
Guilhermina

Cakau disse...

O texto é lindo!
O meu relógio biológico (se é que existe algum) está a despertar... Desmancho-me com bebés e crianças. Acho que é a "profissão" mais bonita e gratificante do mundo!

Um beijinho especial para ti :) *

Mena disse...

Olá!
Este post está um must! Obrigada pela visita e, já agora, passa no meu blogue vê as novidades e carrega o miminho que lá deixei para ti.
Bj
Mena

Moquinhas disse...

Oláquerida fiquei encantada com o video...e cansada depois de o ver...sim a nossa vida é mesmo assim ...ser mãe é dificil...mas não trocava por nada deste mundo!!
Pois é miga não é preciso correres com as minhas tshirts...este tempo convida mais a chapeu de chuva do que a andar de meia manga!!
Beijoquinhas grandes!!

Vanessa Guerra disse...

tanta novidade desde a ultima vez que cá vim amiga... adorei a tatto da tua filhota.. vamos ver se quando ela crescer nao te vai pregar alguma partida e te tras umas quantas para casa lol... desculpa ter andado tao desaparecida mas isto nao tem andado nada facil... depois de estabilizar um pouco a minha vida terei mais tempo para fazer o que mais gosto visitar-te... até lá.. peço desculpa pela ausencia amiga.. beijinhos enormes e uma excelente semaninha...

sonhos disse...

Olá :)
Já o conhecia, e adorei, achei fantástico! :)
beijinhos

sonhos disse...

Olá :)
Já o conhecia, e adorei, achei fantástico! :)
beijinhos

VerdeBlue disse...

Amiga,

se soubesses o bem que me soube ler este texto! :))))))))))))))

mais bjokas*******

maria-joão disse...

Sem duvida. A mais dignificante ocupação é talvez a mais injustamente desclassificada socialmente.

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin