25 abril 2009

reflexão - UM (5ª parte) - 25 de Abril



Mais uma citação do "UM":
“- A defesa tornou o mundo inabitável. Que é que aconteceria se escolhêssemos aprender? Em vez de dizermos você assusta-me, se disséssemos, você interessa-me?” (pág. 116)

Esta fez-me pensar no 25 de Abril, a nossa revolução quase sem derramamento de sangue (falo mais sobre isto neste post e, a propósito, o Conta-me Como Foi está aí novamente para deliciar e ensinar, com a nova série.).

Seria tão bom se as guerras terminassem, as defesas baixassem e os ataques parassem... Seria tão bom se os seres humanos se tentassem conhecer em vez de dominar...


Numa fase complicada do país e do mundo, há que continuar atento às perdas progressivas de liberdade. Sempre! A vida em democracia é para ser construída dia a dia e nunca para tomar como certa. Como diz o Sérgio Godinho (in "Democracia"):
"A Democracia é o pior de todos os sistemas
Com excepção de todos os outros"

"A Democracia é também
Uma mãe mais doce que o mel
Só que às vezes Abel mata Caim
Caim mata Abel"

Por isso é tão importante continuar a relembrar a Revolução dos Cravos e contá-la às gerações vindouras e mostrá-la (Nota mental: oferecer este livro e mais este à M.).

7 comentários:

Cristina disse...

Passei para desejar um resto de bom fim de semana
bjs

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Muito bom!
Parabéns!
Jurei a mim mesma à vários anos atrás que ñ discutiria Politica... Religião ou Futebol... (pois gostos ñ se discutem...)
Só que estou tão desiludida... que por vezes ñ consigo ficar calada...
Bjs e bom fim de semana

Teresa disse...

Olá Paula!

Perdi-me em leituras por aqui!... Quem se atrasa é o que lhe acontece!
Adorei esta tua reflexão compartilhada, especialmente sobre um autor tão do meu agrado. Obrigado por nos fazeres pensar um pouco nestes assuntos tão na ordem do dia!
Bjs

PS: Pois, vais aos óculos velhos, tiras a aste (sem partir!...) e ofereces com instruções de uso e verás que é um presente de sucesso!

artes_romao disse...

boa noite,td bem?
gostei dessa ideia,dos livros alusivos ao dia de hoje para a M.
entao e a palmira anda mais calmita?!lol.
fika bem,jinhos**

Arte na Mão disse...

Liberdade não é só poder expressarmo-nos livremente, é tambem e essencialmente termos empregos correctamente remunerados, termos direito á saude, á educação, etc, etc, etc, resumidamente seria termos direito a ser felizes de acordo com a nossa capacidade e esforço. Há muito que em Portugal esqueceram o que é democracia e liberdade.
Beijinhos grandes, um bom domingo e desculpa mais um desabafo,
Alik

Ψ ﺴ Ρяϊη¢єىå ﺴ Gµєяяєϊяå ﺴ Ψ disse...

Olá Querida Ana Paula!
Em primeiro lugar, Muito Obrigada pela tua atenção para com o nosso Blog e pelas tuas palavras sempre gentis!
Em 2.º lugar, fico muito feliz por cada dia que passa perceber que és uma pessoa com "P" maiúsculo e que trazes aqui assuntos muito importantes, Obrigada por fazeres com as pessoas pensem e sintam :)
Concordo contigo que todos têm que perceber e entender o 25 de Abril e que de facto, é muito importante transmiti-lo aos miúdos, pois doutra forma, ainda corremos o risco de "alguém se lembrar" de os retirar dos livros de história e simplesmente fingir que nunca aconteceu...
Li os posts anteriores e partilho do "bom senso" desse livro!!!
Deixo-te com mais um texto do Osho, esse grande mestre, que nos deixou uma grande herança nesta terra...
"Entende estas palavras com o coração e muitos dos teus problemas deixarão de existir.
A mente mente!
Os nossos pensamentos sempre parecem ser reflexo da verdade, e quando eles são maus, auto-depreciativos, vivemos de uma forma amarga e presa.
Tão presa, que não percebemos que estamos a ser também o carcereiro .. Juro que isso é verdade! Prendemo-nos num mundo amargo que formamos na própria cabeça.
O que não é necessariamente a verdade!
A mente mente !
Muito do que acreditamos são crenças adoptadas; situações de tudo o que vivemos na vida! Coisas que ouvimos dos nossos pais, tios, avós, amigos e inimigos...
Um modo de ver as coisas, mas através dos olhos de outras pessoas ... Variadas pessoas, com variados conteúdos,interesses e variadas crenças ... E vamos levando a vida sem nos "re-questionar", sem "re-decidir" o que pensamos a respeito.
Qual é a nossa opinião? Como queremos agir?
O que de verdade tem valor?
É SÓ O QUE IMPORTA!
Tentar confiar nos sentimentos, nas qualidades, até que provem o contrário. Que "pro-vem" o contrário...
Tentar buscar a ténue linha que divide a imaginação da realidade.
Pois a mente mente !
Osho"
Beijinhos Cintilantes e um Fim-de-semana com muita Paz para todos!
Muah*

Porcelain Doll disse...

Post magnífico... estar na defensiva limita-nos a aprendizagem... muitas vezes estamos em guarda sem haver disso necessidade, pois interpretamos como agressão possíveis oportunidades de aprendizagem... beijokas!!

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin