25 abril 2008

25 de Abril # April 25th


Passam 34 anos da Revolução dos Cravos. Parecem séculos! Tendo em conta o quanto o povo mudou.
Eu já sou "filha" do pós 25 de Abril, mas reconheço que aquele era outro povo, a fibra era outra, a matéria de que eram feitos os portugueses nesse tempo só podia ser outra. Estamos cada vez mais atónitos, sem opinião! Deixamos que pisem e sapateiem em cima de nós. Até há quem queira "entregar as chaves" a Espanha! Se eles nos quiserem para alguma coisa!!!
Revolução dos Cravos!... Uma revolução, uma tomada de poder, uma viragem radical de governo, quase sem sangue derramado!... Uma grande lição que demos ao mundo. "Demos", sim, porque eu gosto de me incluir nesse grupo de portugueses. Hoje não sei se daríamos, se fosse esse o caso.
Relembro aqui outro post que escrevi sobre a perda de liberdade que se vem notando a par da perda de poder de compra, mas esse era outro assunto que daria conversa sem fim à vista.
Termino com a esperança de que no futuro, as nossas crianças que hoje fazem cravos nos colégios e ouvem um abreviada história do que aconteceu noutros tempos (tão bem retratados na série "Conta-me como foi") sejam mais pro-activos que nós.
It's been 34 years since the Revolution of the Carnations. Seems centuries! Taking into account how much the people has changed.
I am already "daughter" of the post April 25th, but acknowledge that it was another nation, the fiber was another, the substance of which the Portuguese people was made of in that time could only be another. We are increasingly shut down, with no opinion! We let people step on us and tap dance on top of us. There are even those who want to "deliver the keys" to Spain! If they want us for anything!

Carnation Revolution!... A revolution, an outlet of power, a radical change of government, almost without a drop of blood dropped!... A major lesson we gave to the world. "We", yes, because I like to include myself in that group of Portuguese people. Today I do not know if we would, if that was the case.
I recall here another post that I wrote about the loss of freedom that is noticed alongside the loss of purchasing power, but that was another issue that would give a conversation without end in sight.
I conclude with the hope that, in the future, our children that today meke carnations in school and hear a short history of what happened in other times (very well shown in the series "Conta-me como foi") are more pro-active than we are.


16 comentários:

Vany disse...

Olá, passei para agradecer a visita ao meu blog; fico feliz que tenha gostado. Volte mais vezes. bjs e uma ótima exta-feira.

andie disse...

Linda! Já tenho o meu pc de volta!!!
Andaram-lhe a remexer as entranhas mas com jeitinho vai ficar igual ao que estava...até o Msn tive de download AGAIN!
pUFF! mexe aqui, bota acolá, queria tudo como estava antes!!!
Jinhos!

Cláudia disse...

Olá Paula! Adorei o post! Estão aí expostas grandes verdades! Em relação ao regime político, parece-me que só mudaram os nomes e as coisas continuaram a ser quase da mesma maneira... Não fosse o povo desconfiar que quem tem o poder são realmente aquelas famílias que há muito vão trocando o cajado do poder! Daí haver algumas pequenas mudanças...
É verdade que algumas coisas mudaram! Hoje em dia nós, mulheres, já trabalhamos e temos direito à educação académica superior! Já se pode sair de casa sem ser com a companhia do homem da casa! Já mandamos no que é nosso! E isso também é relativo! O que eu quero dizer é que estes Senhores do poder devem ter visto que, se com os homens do povo a trabalharem já conseguiam muito, porque não criar condições para que as mulheres também trabalhassem?! Não vamos muito longe... Nós mulheres, tendo o mesmo grau de conhecimento e aptidão para algumas funções de trabalho, nunca nos dão os lugares cimeiros da administração de uma empresa! Ou se dão, não ganham é tanto como os homens! Não conheço nenhuma muher que tenha sido indicada por algum governo para ser ou ter sido directora de uma empresa do estado! Tipo C.G.D, Finanças, etc... Quantas mulheres Generais há em Portugal? Quando iremos ter em Portugal uma mulher como Presidente da República? Houve por ai e há algumas Sras MINISTRAS ( mas se calhar é assim porque Bruxelas o exigiu!) e houve uma que até foi 1ª Ministra ( digo eu... não sei! Deve ter sido para mostrar ao mundo e principalmente à Europa que Portugal estava no bom caminho...). Mas, para mim, foi um golpe porque não houve continuidade! É verdade que a nossa revolução foi exemplar! Não houve quase derramamento de sangue, mas que grandes mudanças houve desde então em Portugal?
Viva Portugal! viva o 25 de Abril! Viva a evolução das mentes!
beijux,
Cláudia

GREENEYES disse...

BRAVO!!

Vera Rosmaninho disse...

olá

Vim agradecer a visitinha ao meu Blog. Volta sempre que quiseres...
O teu Blog é muito interessante, Vou associá-lo á minha listinha...

Beijinhos

nile santos disse...

Oi amiga.Adorei o comentário.bjitos.nile.

Carla disse...

olá, passei para desejar um bom feriado.
Beijinhos
Carla

Catarina, disse...

Bom feriado =)

beijihno
cat*

Pimpolhartes disse...

Olá,
obrigada pela tua visita, é verdade adoro a Sara Key e os bonecos Precious Moments.
Espero qe estejas inscrita na torca da Sara Kay.
este teu post está divinal.
Um bom fim de semana
Beijoquinhas grandes
Ana

Daniela Veiga disse...

Olá Paula!
Obrigado pelo elogio ao meu conjuntinho!
Bom fim de semana!
Bjinhos

Mena disse...

Olá!
Realmente nós andamos em consonância!
Passa pelo meu blogue e vê as coincidências...
Ah! outro dia quando passei por aqui vi a tua rosa, mas como foi a correr não comentei, mas digo-te a rosa é linda, a natureza tem destas coisas...belas, singelas, pouco comuns...

Bom fim-de-semana
Bj
Mena

Judite Pitta disse...

Excelente avaliação que a minha amiga faz aqui.... realmente "nós" os do antes do 25 de Abril somos de outra fibra, melhor ou pior não sei, mas de outra somos, claramente.
Bjinhos e boa semana

Képia disse...

não nos discuidemos não, que qualquer dia voltamos ao mesmo :Z, estoua acomeçar a ver muita coisa parecida... ahhh como dees calcular eu lembro-me bem desse dia :Z

sou "belhaaaa"

ehehe

helena

Lenita Boneca de Porcelana disse...

Qualquer coisa de que nos deveríamos orgulhar sempre e não esquecer nunca, não é?

Bjoka!

VerdeBlue disse...

Amiga,

mesma idade... implica que me reveja sempre por cá! ;)

Tenho uma adoração especial pelo poster do menino... deve ter sido por ter crescido a vê-lo! :D

Bjokas*****

Juca disse...

Madrinha,

Adorei este post! Esta foi de facto uma época muito significativa... foi uma época de mudanças... e como tal de adpatação a uma realidade para a qual muitos dos portugueses não estavam preparados e outros não queriam estar...

Para mim foi uma época LINDA, que trouxe muito a Portugal... de facto hoje em dia não se vivem dias fabulosos e as coisas estão dificeis... mas é sempre muito fácil criticar quando não se levanta um dedo que seja para que as coisas mudem... é muito fácil dizer que o governo hoje não faz nada de jeito( e atenção que falei em governo, independentemente de cores politicas) e que estamos a voltar quase à ditadura... mas são esses que criticam e nada fazem.

Nesse ponto tens razão... há uma serie de gerações que não lutam por nada... pura e simplesmente se acomodam!

Beijokas e viva a LIBERDADE e o 25 de ABRIL!

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin