18 abril 2009

pormenores



Mais uma cabeçada da M.! As nossas brincadeiras terminam sempre assim, com os meus óculos partidos. O que vale é que a armação segura-se mesmo só com uma haste. Depois, depressa perdi o norte à haste partida e andei quase um dia, feita maluca, com os óculos assim! :)
Lembrei-me tanto de uma professora de desenho que tive em tempos, escultora, toda artista, mesmo daquelas loucas perdidas na sua mente de artista, que andava com os óculos colados com fita-cola achando isso normalíssimo, como se o designer os tivesse feito assim mesmo. Enfim, pormenores!... Finalmente entendi-a.
A senhora dizia conseguir encontrar lugar para estacionar na zona da Junqueira, Lisboa, em plena hora de ponta, por intuição. [Eu saía de casa umas três horas mais cedo já a contar com as mil voltas que teria de dar à procura de um lugar em cima do passeio. Um arrumador com ar de quem está a ressacar, com o braço a balançar na direcção de um exíguo espacinho entre dois carros, era uma visão abençoada nessa hora. E tantas vezes ao chegar à escola via passar a professora com o seu ar esbaforido e alucinado, já em cima da hora, a conduzir e a fazer-nos sinais a dizer: "- Não se vão embora que eu já cá estou!". E passados no máximos uns cinco minutos lá aparecia ela à porta da sala.] Talvez não fosse bem intuição. Talvez ela quisesse dizer mais pensamento positivo, visualização. Cada vez a acho menos louca. Cada dia compreendo mais o quão ignorante eu era e ainda sou. Agora entendo que ela não ligava a pormenores mas ao todo. O que é uma haste de óculos colada com fita-cola perante o equilíbrio das energias do Universo?!...
Por isso, professora Rosa Fazenda, faça o favor de desculpar qualquer risinho parvo que eu tenha eventualmente deixado escapar ao ver os seus óculos. Provavelmente nem se apercebeu, sendo essas risadas mais um fútil pormenor...

14 comentários:

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Hoje vou começar ao contrário...
Como eu deixo as pessoas mal dispostas por dizer (por outras palavras) o que mencionas-te aqui... hehehe
- que alarido por faltar uma virgula... quando falta água e morre tanta gente à sede?
E outras que mais...
Quanto ao óculos... que peripécias... acabei por me borrifar p/ as modernices e usar uns mais forte... mas a coisa tb ñ deu... desde perder o parafuso... partir pelo meio... e partir o suporte p/ o nariz... até cair a lente no meio da rua... já me aconteceu de tudo... hehehe
Antes isso que uma perna partida... sou especialista em escorregar... gozo tanto comigo mesma... que perco as forças p/ me levantar.... hehehe
Mas ñ posso ver ninguém cair... hahaha... é mais forte do que eu... hahaha
Bjs e bom Domigo

PS: estou a fazer as contas... hehehe

Meus Netos...Minha Fortuna!!! disse...

Querida Paula.

Agora a M. é que tem culpa?
Não se faz isso ás crianças!.

A SENHORA, faz favor de comprar uns óculos á prova de "bala" e não ande a "pavanoear-se" com modernices!...

E o parafuso?...Já o encontraste?...
Se não, diz eu tenho 5 de "reserva" pois já sei que não "bato bem da bola"... e quando tenho de me portar "melhor" lá "rezo aos sanos parafusos...".


Quanto á palmira, tadinha" ainda te ris...isso é gozar com o animalzinho...eu não te voltava a falar...!

Beijinhos, minha querida, com muito carinho

Vóvó Cassilda

MC disse...

Olá,
vim agradecer a visita e comentário no meu blog.
Realmente muitas das vezes preocupa-nos com pormenores e esquecemos-nos do que realmente importa.
Beijokas (todos os artistas tem um pouco de loucura, faz parte, lol)

Porcelain Doll disse...

Olha, minha querida, deixa-me dar-te os meus sinceros parabéns pelo que aqui acabas de escrever... damos cabo das nossas vidas prestando atenção a pormenores sem qualquer importância... quanta energia não poderia ser utilizada para fins mais construtivos?! Há que estar atenta, de facto, para não cairmos nessas "armadilhas". É de bom senso e é de sábio... a intuição pode fazer milagres... e essas pequenas coisas dos estacionamentos dos carros e de encontrar aquela peça de roupa ou qualquer outro artigo que tanto queríamos ao preço ideal, são excelentes formas de começar a treinar!! :-D

É impressão minha, ou tu andas a escrever muito bem? Não sei, nestas coisas simples, as palavrinhas ultimamente parecem encaixar que é um mimo... ou talvez já escrevesses bastante bem e eu não tivesse estado com a devida atenção!!

Quanto às brincadeiras, cá em casa também sempre foi assim, e apesar da família já ser toda crescida, às vezes ainda é!! Mas eu lembro-me de ser miúda e dessas brincadeiras normalmente acabarem sempre com alguém magoado... mas também... who cares!! Isso, naquele contexto, era apenas um pormenor!!

Beijokas!!

εïз Andrea Cris εïз disse...

Olá Amiga
Obrigada pela visita e pelo Carinho...Quando eu uso o meu Oculos que é só para descanso fico com medo do meu filho me dar uma cabeçada ainda mais que ele gosta de vir correndo me abraçar...rrss
BOM DOMINGO
Bjs
Andrea

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
k belo post...
mais uma aventura com imensa piada...
ker dizer, tu é k ficaste mal,lol..
á medida k vamos passando pelas situaçoes e k vamos dando valor,heheh
fikem bem,jinhos***

Anna disse...

E isto mesmo, eu que diga as coisas que acontecem com meus óculos.
Vim te desejar um bom fim de semana.
Beijos

Duda disse...

Olá!
Vim desejar uma boa semana.
Bjinhos

Moquinhas disse...

Bom dia alegria:)
Então como vai a tua teimosinha?:)
Bem o meu agora faz birras por tudo e por nada ás vezes até me dá vontade de rir outras vez fico com os cabelos em pé...aiiii estas crianças já não são como antigamente pois não miga?Eu não era assim....
Quanto aos teus oculos deixa lá miga antes a aste que as lentes...eu como sou uma segueta não vejo nada ao longe nem quero pensar que me aconteça o mesmo:(
Mas tens razão a idade faz-nos relativizar certas coisas a que davamos imenso valor e que depois não passam de meros acontecimentos sem a minima importancia o que é uma aste partida comparado com desgraça que aconteceu a Palmira tadinha ainda por cima com a donaa gozar com ela:)
Beijokinhas kida boa semaninha e boa semaninha e se te serve de consolo o meu quanto mais velho mais teimoso e ainda só vamos para os 4....aiiiiiiiiiiiii...

Faniquito disse...

Oii amiga !!!

Aiii...final de semana meu marido e filha estão em casa e usam o pc...fico de fora.:) Como sofro.:)Vou comprar um "Magalhães" só prá mim...ah se vou! :)

Eu gostei muito do que vc disse...aliás já falei que gosto da tua escrita.Eu começo a perceber que nem sempre prestamos a devida atenção à aquilo que realmente importa.Pq o achamos rotineiro e por vezes até comum...mas é aí que está o valor , o significado!!! Enfim.:)

Tenha uma linda semana ...com ou sem cabeçadas...mas linda!!!

Beijinhos

Ana

Mena disse...

Olá!
Adorei este teu post. É mesmo como dizes há pormenores e "pormaiores" e é nestes que nos devemos concentrar. É preciso darmos atenção ao que vale a pena e deixarmo-nos de coisas que não nos levam a lado nenhum e em que desperdiçamos muitas das nossas energias, podendo ser direccionadas para fins mais construtivos.

Acabei agora um novo post sobre as aventuras dos Onofrinhos no reino da fantasia e deixei, além de outras novidades, um belo ramo de flores para ti.
Bj
Mena

albana disse...

Apo adorei o post...também passei a fase dos risinhos parvos, para evoluirmos temos que passar todas as fases...faz parte do nosso crescimento e conhecimento darmos valor ao que realmente vale a pena...e à medida que os anos vão passando conseguimos destinguir os pormenores fúteis daqueles que fazem toda a diferença e são de máxima importância...

bjinho
albana

Ψ ﺴ Ρяϊη¢єىå ﺴ Gµєяяєϊяå ﺴ Ψ disse...

Olá Ana paula, em primeiro lugar adorei ver a M. aí no post acima nas suas "plasticidades" ;)
As cabeçadas são perfeitamente normais... lol, apesar de todos os cuidado que temos ao lidar com os miúdos, estão sempre a acontecer, lol
Em relação á tua professora, "artista" com fita-cola nos óculos :) também tive alguns professores assim. A malta de artes, não menosprezando qualquer outra actividade, é mais 2desapegada" das coisas, o que não achop mal de todo e agora, acabas por perceber e dar-lhe razão ;)
A maior parte das pessoas, vive em função da "etiqueta" ou das situações que nos dita a sociedade em que vivemos (perfeitamente habitual e legítimo, mediante a capacidade de cada pessoa). Muitas das vezes acabamos por perder a genuidade e a nossa própria identidade. O importante é saber estar no meio termo e não "irmos na onda".
Em relação ao estacionamento, o que a tua professora chamava de intuição em acredito, pois acontece o mesmo comigo, lol, eu quando vou a algum lado, no percurso que vou fazendo até lá, "visualizo" um lugar para estacionar e o certo amiga, é que resulta sempre e arranjo lugar.
Como diz o Paulo Coelho "Quando queremos alguma coisa, o universo inteiro conspira a favor" agora o importante é termos cuidado e atenção com aquilo que desejamos ;)
Sorry pelo testamento (risos) e uma super semana para ti e para a M.
Muah*
Manela

Mena disse...

Olá!
Pois é! Acabei de ir comprar uns óculos para o meu filho, pois não sabe que voltas lhes deu que os partiu.
Enfim!
Bj
Mena

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin