11 novembro 2007

principezinho # little prince


Ainda em pesquisa para o novo conto de que vos falei aqui, terminei de ler "O Principezinho" (de Antoine de Saint-Exupéry, Editorial Presença). Era daquelas obras que me têm escapado ao longo dos anos. Desde sempre que me lembro de pegar nele nas feiras do livro em Lisboa, nas livrarias, e acabava sempre por lá ficar preterido a outros títulos, por me achar demasiado crescida para ele. Pensava erradamente que era apenas um conto infantil.
Finalmente, e a propósito das ideias que me inspiraram para este novo conto (um desenho da M. e uma letra de música), resolvi lê-lo. Tarefa para a qual contribuiu o meu lindíssimo marcados oferecido pela Ana. Still in research for the new story that you told you about in here, I finished reading "The Little Prince" (by Antoine de Saint-Exupéry, Editorial Presença). It was of those books that I have been missing over the years. Ever since I remember I took this book in my hands at the book fair in Lisbon, in bookstores, and I've always chosen other titles, because I felt too grown up for it. I wrongly thought that it was just a childhood story.
Finally, and because of the ideas that have inspired me for this new story (an M.'s drawing and a song lirics), I decided to read it. Task for which contributed my beautiful book marker offered by Ana.

A pouco e pouco, também a mim este pequeno príncipe emocionou! Cativou-me mesmo com a sua prosa poética e a sua simplicidade no olhar o mundo e as pessoas. Como sabem simples não é sinónimo de simplório! Little by little, this little prince moved me! Really captivate myself with his poetic prose and its simplicity in looking at the world and the people. You know simple is not synonymous of poor!

Dele extraí algumas passagens que, de alguma forma, me dizem mais. (cliquem na imagem para a ampliar) From it I've extracted some passages that, in some way, tell me more. (click on the imagem to expand it)

No final chorei e purifiquei a alma. Recuperei um pouco da paz que me tem faltado ultimamente e que para isso tem contribuído também muito a música que voltou a estar mais presente na minha vida e que oportunamente vou falarei mais acerca disso. Para já fiquem com esta dica: tenham que idade tiverem, se tiverem sensibilidade suficiente para isso, não deixem de ler ou reler "O Principezinho". Esta boca da sensibilidade é para quem já me disse que este livro é uma tremenda seca!... ;-) At the end I cried and purifiquei my soul. I Recouvered a bit of the peace that I have missed lately and that for this has also contributed much the music, once again more present in my life and about that I will talk more in a while. For now I leave you with this hint: no matter what age you are, if you have enough sensibility for it, don't miss reading or re-reading "The Little Prince." This provocation on sensibility is for the one that told me that this book is a tremendous bore!... ;-)

16 comentários:

Cakau disse...

Já perdi a conta ao nº de vezes que li este livro. Li, pela primeira vez quando ainda andava na primária e a última vez que o li foi este ano. Uma coisa é certa: de todas as vezes que o li, há pormenores nas entrelinhas nos quais não tinha reparado. Arrisco a dizer que é dos meus livros preferidos. Beijinhos e parabéns pela compra :) É um pequeno tesouro! Muitos beijinhos *

Blog do Atelier da Jô disse...

Realmente os semelhantes se atraem mesmo!!!
Este livro foi meu companheiro na infancia e guardo-o mesmo velhinho, com todo carinho e respeito.No Brasil chamomos Pequeno Prícipe...
Ainda bem que tu também o descobriste amiga, fico contente...
Adorei os teus comentários e a dica é mesmo a medida, mas quem não tem sensibilidade é capaz de não perceber a mensagem (boca).
Beijinhos e boa semana.

Gatapreta artesanato disse...

Olá Paula!
Obrigada pelo comentário! Ainda bem que gostou!
Adoro o Principezinho... é imortal! Mas quem não gosta?
Beijinhos
Cláudia

Carla Santos disse...

também já o li vezes sem conta e até me deu vontade de relê-lo

beijos da carla :)*

VerdeBlue disse...

Olá!
Este é sem dúvida intemporal e um dos meus preferidos! :)))
Aguardo ansiosamente que o pequenino cresca para tb ele descobrir este mundo. ;)
As minhas passagens favoritas são outras... mas creio que são todas lindas e especiais!
Como alguém já disse, basta só um pouco de sensibilidade...
Bjokas e uma excelente semana*****
(com que então tb desististe de Arq? e tb te arrependes?!)

* birrinhas * disse...

querida apo nem imaginas as saudades q th disto,mas a semana q podia ter feito alg coisa fikei sem net...tenho tantas sdds do arte e trapinhos e de costurar...agr é so estudar fazer trabalhos testes...e n cnsg fazer tudo o q quero e o arte ficou pa tras =/

ainda agr so d tar a coser 1s calças me da nostalgia..que saudades! e dpx qd tiver estagio muito menos tempo mas no natal espero voltar em força!

Beijinhos enormes c saudades ***

(so vim aqui de proposito pa comentar o teu blog hein!) =D

Mia mia disse...

Este é um livro excelente para todas as idades :) Também o devorei quando o li. É uma honra ter um marcador feito por mim nessa obra fantástica :)
Beijoca muito grande. És uma querida.

Juca disse...

Olá amiga...
Coincidências?!?! Ainda este fim de semana comprei o Principezinho para oferecer ao meu filhote... tb já o li e vou adorar reler :)

Beijokinhas

Arte na Mão disse...

O teu blog é o que eu considero "intenso", mexe muito com sentimentos e o Princepezinho é exactamento um livro cheio de "sentimentos" e para mim de alguma nostalgis pois foi há 30 anos que me ofereceram o 1º....
Muitos beijinhos para ti e uma óptima semana,
Alik

Isaura disse...

Olá Bela mulher!!!!!

Sim você !

Este é só um brinde.

Para os homens que temos hoje.
Para os perdedores que nos tiveram.....
....e nos deixaram ir.

E o sortudo que nos conhecerá ou já conhece.

Você foi eleita e tem que ENCANTAR as BELAS AMIGAS.

Você foi ENCANTADA porque alguém a considera uma das dez mulheres mais belas em sua Lista de contatos.

Envie esta mensagem só a BELAS mulheres, e alegrará o dia delas!

Se por acaso esta mensagem chegar a você duas vezes, não fique com esta cara!!!!!

Pois saberá que você é duplamente BELA!
Se não reenviar esta mensagem não lhe sucederá nada....

NADA DE NADA....

Porque apesar de eu não ligar muito a estas coisas tu fazes parte da minha lista de 10 mais belas, aqui está e toma lá amiga.

Beijinhos linda!
Isaura

Mitó disse...

Ninguém consegue ler o "Principezinho" e ficar indiferente.
Belos trabalhos. Parabéns

Mitó

Rute disse...

LINDO!! ADORO mesmo! É talvez o meu livro preferido! Li há muitos anos atrás, e fiquei rendida, apaixonada mesmo! E por gostar tanto e por ter comentado uma vez, o meu "princepezinho" ofereceu-me, há três anos, uma edição especial em francês com uma capa toda bonita, que não chegou a tempo da comemoração e eu fiquei aflita de curiosidade, o que seria?? Quando vi, ADOREI!!! Uma óptima escolha para o teu lindo blog!

Beijinhos e boa continuação de semana!

PS: uma das passagens que destacaste tb é uma das minhas preferidas... "Ficas responsável para todo o sempre..."

karin disse...

This really is a wonderful and touching book!

Cor de Mel disse...

Só te posso dizer que li este livro, também já adulta e é um dos livros da minha vida!!
Beijocas, Lia.

Képia disse...

Olá Apo, Tens razão eu tb ando com tanta falta de tempo, tenho visto sempre, sempre os teus posts. Aquele ritual de abrir a net ver os mails, ver o que há de novo no blog e espreitar de fugidas ss que mais gosto. A tua é uma delas mas nem sempre há tempo para fazer aquele comentário que me vem logo á cabeça. porque os teus posts são normalmente tão interessantes que depois apetece -me logo fazer uma "tese" sobre eles :Z lol. Mas mesmo com tempo ou sem ele espreito sempre.
Tenho-me deliciado com tudo o que escreves e mostras.
Sobre o principesinho, haveria tb tanto a dizer, mas abreviando achei curioso a ultima (das milhentas vezes que o leio), vez que li foi este verão em voz alta para a minha filha, porque ela leu e no fim disse-me (Ela tem 8 anos), mamã eu não percebi lá muito bem aquela história. Eu perante isto resolvi ler-lhe em voz alta fazendo a minha interpretação. Não sei se foi bom ou mau, mas registei este acontecimento para um dia mais tarde ela me dizer qualquer coisa sobre ele. Ela gosta já muito de ler. Já lê os livros do Clube das Chaves, os da Ana Saldanha, Uma Aventura e ourros desse género. tb já ganhou o hábito de não adormecer sem ler um bocadinho. por isso achei que ela iria entender o Principesinho, mas afinal.... não percebeu.

Olha linda vou acabar esta tese porque vou fazer outra na música maravilhosa que aqui colocaste.eheheeh

Bjocas Helena

aluap disse...

Sei que já postaste esta mensagem à muito mas não consegui evitar de comentar pois sempre que olho para esse livro os olhos humudecem. Já o li era adolescente e ainda não o dei a conhecer aos meus filhos por achar ser ainda cedo, pois não o considero um conto infantil. adoro a parte de cativar a raposa. a última vez que o li foi já há muito e a próxima quero que seja a partilhá-lo com minhas crias. Foi e é até hoje o livro que mais influência teve sobre mim.
bjs
aluap

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin