18 maio 2010

do fds I



Foi um fim-de-semana muito preenchido, daqueles de encher a alma. A M. delirou e veio de olhos a brilhar. Este é apenas o primeiro post sobre este assunto. Para que tenham uma pequena ideia, fizemos cento e cinquenta e tal fotos e vídeos. Difícil foi fazer a selecção para aqui pôr. Por isso aqui ficam muitas, muitas imagens da exposição da Joana Vasconcelos no CCB (Museu Colecção Berardo), que foi a primeira etapa deste fim-de-semana.



Assim que lá entrámos fomos calorosamente acolhidos e convidados a participar numa futura obra de arte da Joana. A ideia era que os visitantes criassem peças com os materiais lá disponíveis para serem futuramente pegadas a uma das monumentais da Joana.
Ora, primeiro escolhemos materiais, o que só por si não foi tarefa fácil.



Depois a M. dispôs as partes e eu cosi-as ao fundo escolhido (esta renda).



E
m simultâneo, ela trabalhava numa obra só dela. Este foi o resultado. Ao que parece, dentro da rede negra (que simboliza a noite) está uma Lua. O resto não sei em o que é. Acho que é uma composição abstracta.



Aqui, orgulhosa da nossa obra conjunta. E o monte, eram as peças produzidas pelos vários visitantes, naquele dia.



Os "bichos de pano" como lhes chamámos eram impressionantes. Ficámos extasiadas com a monumentalidade e o colorido que nos enchia os olhos e a alma.



Aqui alguns pormenores.



Num tá?!.. Tá, tá! :) Where's Wally? Ou melhor, onde está a M.? Conseguem percebê-la no meio de tanta cor?



Como vos disse, não é fácil escolher entre tanta obra recheada de simbolismo e beleza. Então aqui fica um mosaico bem recheado.



Mas o ponto alto da exposição, quanto a mim, são mesmo os corações em filigrana plástica. Lindíssimos. Fiz um pequeno vídeo também.

video

Mas depois vimos a restante exposição do Museu. A M. sempre atenta, apesar da muita energia por vezes a fazer ficar frenética. Agora, que já sabe ler bastante bem, devora tudo o que tenha letras e lhe apareça à frente. Acho que leu todas as referências das obras, mesmo os nomes estrangeiros. è muito engraçada a lê-los. Por exemplo, ainda hoje diz "Chopin" a soar mesmo a "i" no final. :)



À saída, passámos pelo labirinto do "Jardim do Éden". Lindíssimo!



Ficámos maravilhadas com o elogio dos objectos tradicionais portugueses em oposição às imitações e invenções "foleiras". Ui que palavra antiga esta! Acho que já estou a ficar antiga também! :)
E a M. não resistiu a escrever no livro de visitas. Sempre que há um, ela não resiste! :) Ela gostou de tudo, mas fez apenas alusão ao que lhe estava mais recente na memória: o "labirinto mágico"! :)

8 comentários:

Laura disse...

Feliz de quem pode participar em tão belo evento, e a menina, ui, não mais vai esquecer...
Felizes dias para as duas, e beijinho da laura

Andréa disse...

Oi minha linda, obrigada pela sua visitinha, e que estou com uns trabalhinhos para entregar, por isso não passei antes, estou passando aqui rapidinho, depois eu volto com calma,

Manda um beijão na princesinha

e um beijão para você, amiga

Cantinho Arco Iris disse...

é linda!!!!!!!tenho um grande trabalho para a faculdade da exposiçao. normalmente está lá a minha professora na exp. chama-se dora e ta gravida, conheceram-na?
é um privilegio ter uma exposiçao destas e sem pagar!
bom final de semana
nina

artes_romao disse...

boa tarde,dt bem?
mas que belíssima exposição;)
ainda bem que aproveitaram o momento ao máximo, fico contente.
obrigado por partilhares essas horas bem passadas...
tenho a dizer tb que gostei imenso da vuvuzela de Barcelos,heheh.
parabéns à participante.
fiquem bem,jinhos***

dannó disse...

Eu também aí estive
numa visita de estudo :)

beijinhos*

na america profunda disse...

Ola ola
oh ainda nao tive tempo para ver ler as novidades aqui no cantinho nem o concurso prometo vir aqui amanha e ver tudo com olhos de ver
bjooooo

SD disse...

Olá Paula,

Tambem lá estivemos e adoramos!

Realmente o labirinto também ficou na memoria dos meus filhotes.

Eles gostaram muito dos cães de louça, dos secadores de cabelo, a peça da entrada com as meias de vidro a rodar.

O "bicho de trapo" é realmente genial.

Mas eu estou contigo, os corações de filgrana são maravilhosos e a musica que os acompanha também!

PS: não me esqueci de ti, mas realmente a minha filha não me tem dado tempo para muito. (está com outra otite). Mas estou um bocadinho descansada porque penso que não é muito urgente. Assim que poder mando mail para acertarmos mais pormenores.

beijinhos
Susana

Sónia disse...

Também lá estive e ADOREI! Uma exposição fantásticas, cheia de cor e proximidade! Adorei mesmo!!

Beijinhos grandes, bigada pelas visitas e uma boa semana para ti.
Sónia

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin