30 agosto 2009

um dia em grande


A princesa festejou mais um aniversário.
Kidzania foi a escolha na hora de responder à pergunta: “Queres festa de anos ou ir à Kidzania?”. E as nossas expectativas não foram logradas. Adorámos! A M. divertiu-se em modo non-stop e nós quase tanto quanto ela, apesar de ali sermos apenas expectadores. Um dia inteiro a correr e nem deu para ter metade das profissões que ela queria. Afinal, estamos a falar da rapariga que diz querer ter todas as profissões! :)
Para começar, depois de passar pelo banco para receber os seus Kidzus (o dinheiro da Kidzania), foi direita aos bombeiros pedir emprego. Depois foi tirar a carta de condução com exames teóricos e prático. Seguiu-se a escola de manequins para mais tarde participar no desfile de moda. A hora do almoço aproximava-se e nada melhor do que ir trabalhar para o McDonald's. Assim sempre pôde comer o resultado do seu trabalho! :) Mais tarde produziu um livro na Plátano Editora, foi modelo fotográfico, trabalhou nos CTT como carteiro (teve que fazer duas entregas especiais no Salão de Beleza e na fábrica de Cereais Chocapic) e fez uma breve passagem pela cadeia (nem sei porquê, pois ontem foi um dos pouco dias em que posso dizer que a M. se portou bem!).

Depois foi segurança, embora o que ela quisesse mesmo era ser polícia. Foi dançar um pouco à discoteca e passou pela escolinha, para descansar. Depois de ganhar novamente fôlego, foi procurar emprego nas obras. Foi construtora, pintora e lavadora de janelas. No final, apesar de parecer cansada, ainda teve energia para escalar uma parede. Isto do cansaço nas crianças é assim mesmo, só aparente! Mas o melhor estava ainda para vir. Quase já sem tempo, foi inscrever-se na escola de teatro e ainda participou na última representação da peça Pinóquio que foi um sucesso estrondoso! Tenho um pequeno vídeo para que possam ver um pouco da actuação da minha pequena fadinha, que até teve direito a uma fala e tudo! :)

video

No final do dia ainda teve tempo para mandar fazer o seu retrato à artista de serviço e gastar mais alguns Kidzus na loja de merchandizing da Kidzania. Foi um dia em cheio, rematado com o desfile das mascotes, onde parte da equipa da Kidzania canta e dança o seu hino, em tom de "gran finale". Mais uma vez lá foi a M. dançar com eles e saiu de lá sem choro mas com os olhinhos cheios de água. Sabem aquela sensação de quem ficou tão maravilhado, a transbordar de emoção? Acho que foi o que se passou com ela.
Mas vejam o blog dela para lerem o resumo do dia na primeira pessoa.

Hoje foi então o dia de apagar as velas e cantar os parabéns, só em família. Os amigos têm encontro marcado na próxima quinta-feira. Este ano vai ser uma festa de aniversário em três actos! :)

27 agosto 2009

aquele dia na praia

that day on the beach

Finalmente as nossas fotos daquele dia de praia! Desculpem a qualidade, ou a falta dela, mas são do telemóvel.
Finally our photos from that day on the beach! Sorry for the quality, or the lack of it, but they were taken with the mobile phone.

Aqui, a chegada dos pescadores à praia depois de lançarem a rede ao mar. Puxaram-na para terra com o auxilio de tractores e da multidão, que ali se juntou para ver a pitoresca cena.
Here, the arrival of the fishermen on the beach after casting a net into the sea. They pulled it to shore with the help of tractors and of the crowd, who joined there to see the picturesque scene.

Aqui, o peixe na areia, a lutar vigorosamente pela vida. Tanto que estava continuamente a chover areia em seu redor. Não sei se dá para perceber na foto, mas a M. tem o cabelo todo salpicado de areia. :) E daí o ensinamento que ela resolveu publicar no seu blog.
Here, the fish in the sand, fighting vigorously for life. And it was continuously raining sand around them. I do not know if you can tell from the photo, but M.'s hair has sand all over. :) So the advise that she decided to publish in her blog.

Aqui, o alvoroço das gaivotas que tanto me fascinou.
Here, the bustle of the seagulls that fascinated me.

Viemos embora quase de noite.
We came heme almost by night.

um presente

a gift

Vaso que decorei para a M. oferecer à avó, pelo seu aniversário. Andava preocupada, porque a avó gosta muito de plantas e ao que parece tinha partido um vaso. Então, estava decidido! Teria que ser um vaso. Depois decidimo-nos pelos tons de rosa para combinar com a casa de banho da avó, sítio perfeito para as plantas que gostam de calor húmido. Em tempos fazia inveja a qualquer estufa!

Vase Decorated this vase for M. to offer grandmother for her birthday. She was worried because her grandmother is very fond of plants and apparently had broken a vase. So she was determined! The gift would have to be a vase. Then we decided the shades of pink to match the granny's bathroom, the perfect spot for plants that like moist heat. Once was the envy of any greenhouse!

E um agradecimento à Patty por este selo. A resposta ao desafio dos meus cinco momentos eleitos por merecerem ser vividos em câmara lenta, está aqui.

And a thanks to Patty for this stamp. The answer to the challenge is here.


obrigada

thanks

Num dia de sorte vi o número mágico da Anita. hoje recebi estes mimos todos na volta do correio. Tirou-me do banho mas valeu a pena! :)
Muito obrigada querida, não podias ter acertado melhor no meu gosto. Turquesa é a minha cor de eleição, mas agora parece que ainda ando mais para aí virada! :) Adorei o colar e brincos que me enviaste. Muito obrigada pelo mimo também à filhota. Ficou toda feliz a abrir o seu embrulhinho. E não poderia ter chegado em melhor altura visto que o aniversário dela está próximo. O porta-chaves até já está pendurado num puxador do quarto dela, porque é onde penduramos coisas giras que queremos que fiquem em exposição. E os materiais também, de muitíssimo bom gosto, muito obrigada por tudo.
On a lucky day, I saw the magic number of Anita. Today I received all these beauties in the mail. The mailman got me out of the bath but it was worth it! :)
Thank you dear, you could not have hit better my taste. Turquoise is the color of my choice. :) I loved the necklace and earrings that you sent me. Thank you also for the gifts for my daughter. She was all happy to open the package. It could not have come at a better time since her birthday is near. The key-holder is already hanging by a handle of her room because that's where we hung neat things that we want to remain on display. And the materials too, all good taste, thank you for everything.

25 agosto 2009

Fada dos Dentes

Tooth Fairy

Anteontem caiu-lhe mais um dente. Já estava deitada. Já deveria até estar a dormir. Há muito que ansiava por este dia, desde mesmo muito antes de ter o dente a abanar. Queria mais uma visita da Fada dos Dentes, mas demorou tanto desde a última que ela já achava que não aconteceria jamais. Chamou-me impaciente. Cansada de tanto descer e subir escadas, confesso que não me apetecia nada voltar a descê-las uma vez mais para as tornar a subir de seguida. Achei que era a urgência do costume: “-Não consigo dormir, mãe! Posso ver mais um bocadinho de televisão? Ou então brincar um bocadinho?”. A resposta a estas questões fica sempre bem clara antes mesmo de lhe dar o beijo de boa noite. Ou pelo menos é que eu penso, pois ela insiste em voltar a perguntar-me invariavelmente as mesmas coisas. Fui até ao patamar do sótão para lhe perguntar o que se passava.
- Caiu-me o dente, mamã!
Ficámos eufóricos (todos cá em casa) e fizemos a festa com direito a fotografias e tudo. Depois, eléctrica claro, não consegui fazê-la dormir de seguida e lá terminou de ver o TGV, que gosta imenso.
Ontem, bem cedinho, recebeu a visita da Fada dos Dentes, embora só ao acordar tivesse dado por isso. Pois, porque Fada dos Dentes que se preze não se deixa ver pelos pequenos. Acordou a balbuciar qualquer coisa que se parecia com: “- Onde está o presente da Fada dos Dentes?”. Descobriu-o perto da almofada. Abriu-o de imediato e até parece ter gostado do Kit para fazer crachás, mas como tinha que ser ela a pintar os desenhos achou que era demasiado trabalhoso para aquela hora do dia. Se a preguiça pagasse imposto…! :)
The day before yesterday she lost another tooth. She was already in bed. Should even be asleep by that time. She longed for this day, since even long before the tooth was shaking. She wanted one more visit from the Tooth Fairy, but it took so long since the last one, that she was beguining to think it would not happen ever again. She called me impatiently. I thought it was the usual urgency: "I can't sleep, Mom! Can I watch a little more television? Or play a little?". The answer to these questions is always very clear even before I give her the goodnight kiss. Or at least that's what I thought, because she insists on asking me the same things invariably. I asked her what was happening.
- My tooth fell, Mom!
We were euphoric (all of us here at home) and made the party with pictures and everything. After that, I could not get her to sleep and she ended up watching TGV that she likes a lot.
Yesterday, very early, she received a visit from the Tooth Fairy. When she woke up she mumbled something that looked like: "- Where is the gift of the Tooth Fairy?". She found it near her pillow. Opened it immediately and seemed to have liked the kit to make badges, but hasn't tryed it yet, probably because having to paint the designs herself was too much work for that time of day. If laziness payed taxes...! :)

22 agosto 2009

arte na rua

art on the street
O
ntem estivemos aqui: Yesterday we went here:
video
["Uma Rampa Para Ti"]

Foi no Castelo de Palmela e estava um frio de rachar. Mas lá nos encolhemos e a M. esteve interessada até ao fim. Deixo-vos com algumas fotos do evento.
It was in Palmela's Castle and it was freezing cold. But we held eachother and M. stood interested until the end. I leave you with some photos of the event.


Agora um link para um jogo que simula bordados em ponto de cruz com desenhos da Hello Kitty.
= aqui =
A minha filha descobriu-o pela net. Depois mostrou-me:
- Olha mãe estou a bordar ponto de cruz! - toda entusiasmada.
Now a link to a game that simulates cross-stitch embroidery with designs of Hello Kitty.
= here =
My daughter discovered it on the web. Then showed me:
- Look Mom I am cross-stitching! - all excited.

20 agosto 2009

ainda da praia...

still from the beach...

Depois de pintura com os dedos pela M. na biblioteca, ainda houve lugar para continuar a magicar novas criações. Para já fica um pequeno cheirinho também com ar de praia. Acho que já estou com síndroma de final de Verão, não sei porquê. Que o tempo não passava linearmente para mim, já sabia, mas também as estações... é novidade! Mas enfim, acho que tempo e estações do ano tem tudo a ver, não é?
After painting with fingers by M. in the library, yet there was still room for imagining new creations. For now here is a hint also with the smell of the beach. I think I am already with end of summer syndrome, I do not know why. That the time was not linear for me, I already knew, but the seasons... that's a new! But I guess time and the season have everything to do with eachother, isn't that so?

18 agosto 2009

e por aqui, o que há de novo?

and here, what's new?

Só para terem uma ideia do tempo que a M. demora a fazer uma mísera ficha de trabalho escolar, imaginem o tempo que eu demoro a lavar a loiça, fazer estes pendentes todos e ainda vir até ao sótão escrever este post. Aposto que vou voltar a descer as escadas e ela ainda não terá terminado! :(
Pois é, acabaram-se oficialmente as férias. Mas ainda estou em pausa no Bem-Trapilho. Tenho andado em lume brando. É tempo de reformular ideias. Sabem quando já estamos em velocidade cruzeiro com piloto automático? Era assim que me estava a sentir em relação às criações. Sentia que já não estava a criar nada de original. Quando isso me acontece deixo de ter prazer no que faço e não suporto essa sensação. Abrandei, parei até, e agora já começam a surgir os primeiros sinais de retoma criativa. Hoje experimentei o que há algum tempo andava a imaginar: fazer as redes em torno das pedrinhas e conchas. Em breve espero fazer alguma coisa com isto. Fiquei encantada com o resultado. Gosto mesmo muito do ar artesanal da coisa, do ar "praia", do ar "pesca". A ideia é que saiam daqui brincos, anéis, colares... Uma nova "onda" Bem-Trapilho.
Ahhh e espero também ter mais feeling para voltar às postagens assíduas por aqui. Gosto de usar este blog quase como um diário, vocês sabem... Mas ultimamente, a falta de tempo crónica e o cansaço físico e mental têm-me tirado a vontade. Temas não faltariam... Por agora tenho andado muito ocupada com o blog da piolha. Parecendo que não, aquilo são sessões fotográficas, precedidas de verdadeiras expedições em busca de acessórios desaparecidos, e tudo o mais... Dá um trabalhão!...
For you, just to have an idea of how much time M. takes to make a little school work , imagine the time it takes to wash the dishes, do all these peaces and still come to the attic to write this post. I bet that I will go back downstairs and she'll still be doing that! : (
Yeah, my holidays ended up officially, but I'm still in paused in Bem-Trapilho. I have been in slow burner. It is time to reform ideas. Do you know when we are at cruising speed with autopilot? It was how I was feeling when it comes to creations. I felt that I wasn't creating anything original. I hate when that happens. So I slowed down, stopped even, and now it's beginning to emerge the first signs of
creative recovery. Today, I've experienced what I've been imagining for some time: networks around the pebbles and shells. Soon I hope to do something with it. I was delighted with the result. I like very much this handycraft feeling to it, the"sea" look, the "fishing" look. The idea is to get earrings, rings, necklaces out of these. A new "wave" on Bem-Trapilho.
Ahhh and I also hope to have more feeling to return to
assiduous posts here. I like to use this blog almost as a diary, you know... But lately, the chronic lack of time and physical and mental fatigue has taken the will out of me. For now I have been very busy with the blog of my cubb. Between photo sessions, preceded by real expeditions in search of missing accessories, and everything else... It a lot of work!...

16 agosto 2009

fim de férias

end of holidays

Não podíamos deixar terminar as férias sem uma ida ao cinema em família. Então fomos ver "UP", uma história comovedora que nos emocionou. Só me chateou o desperdício de plástico em tantos óculos 3D. Ó senhores, com o planeta à beira da rotura qual é a lógica de obrigar o pessoal a comprar os óculos juntamente com os bilhetes, quando agora parece que virou moda cinema em 3D para os mais pequenos? A única justificação que me faz alguma lógica é: "já que não lhes vamos deixar um planeta decente para viverem então deixa-nos cá terminar o servicinho e extorquir-lhes também todos os tostõezinhos que ainda restem nos seus mealheiros."! Como eu disse, virou moda, então toda a gente que tem crianças tem provavelmente óculos 3D lá por casa. E apenas os que ainda não tivessem poderiam comprá-los com o bilhete de cinema. Assim reduzir-se-ia em muito, acredito, o desperdício de plástico e tudo o que de nefasto envolve a produção em massa destes óculos.
E como é habitual em final de férias, o stress e o cansaço aumenta. Já devem estar a notar pelo tom pouco polido deste post. Muitas vezes a energia mental esvai-se à mesma velocidade da energia física, o que em mim não costumava ser hábito. Mas como em tudo, é melhor aguentar o embate e esperar que passe, minimizando esforços, para que no final possamos responder adequadamente. Como vêm, o bom feeling não impera por estes dias, mas deixo-vos com a Pink, que sempre me diverte, apesar de não ter intenções (nem coragem) de queimar a casa, não se preocupem!

10... 9... 8... 7... 6... 5... 4... 3... 2... 1...
clic... FUN!

[Pink - Fun House]

Agora um recado acerca do blog da M.:
Temos muitas ideias de posts preparadas para vos mostrar, mas a desorganização da M. não o permite. Além de desperdiçar horrores de tempo sem o canalizar para as coisas que mais gosta de fazer (Juro que não a entendo. Eu, com a idade dela, tinha sede de viver. Achava que o tempo me escapava por entre os dedos. Brincava freneticamente, aproveitava todos os instantes para fazer ou projectar alguma coisa, mesmo que depois não a pusesse em prática. Enfim, não precisamos ser todos iguais, nem eu sou referência para ninguém, mas não custava ter um pouquinho mais de iniciativa!) a desorganização dos brinquedos, "arrumados" nos sítios mais surreais e inimagináveis, não nos permite encontrar a prancha do Pintas para a foto do próximo post. E eu já lhe disse que se ela não colabora, acaba-se o blog. Sim, porque eu já tenho muito o que fazer sem mais um blog para actualizar. Ainda para mais esse blog é única e exclusivamente do interesse dela. Mas como de costume, começa cheia de planos, contagia-me, convence-me a ajudá-la (vulgo: fazer o trabalho todo por ela), e à primeira dificuldade, à primeira exigência que eu lhe faça, desiste. Minha menina fica sabendo que já procurei o suficiente pela prancha do Pintas. Não sou eu que tenho que a procurar. Não sou eu que tenho que adivinhar os sítios impensáveis onde tu resolves encafuar as tuas coisas. Quando eras mais pequenina e ainda não te mexias tanto, era possível saber onde andava tudo cá por casa. Agora as coisas mudaram, até os meus objectos pessoais se evaporam como a água no deserto. Tomam Chá de Sumiço, como a minha mãe costumava dizer. E por agora estou cansada, sim porque as mães também se cansam, são seres humanos tal como os filhos, feitas da mesma matéria. E se desistires deste projecto, não serei eu a sustentá-lo por ti. Era suposto ser um sonho teu, lembras-te? Estou cá para te ajudar a realizá-lo, mas construí-lo por ti (ou até sonhá-lo por ti, se isso te der muito trabalho) é outra conversa! Nem pensar, minha menina!

Já vai longo o desabafo, desculpem-me!

We could not let the holidays finish without a family trip to the movies. Then we went to see "UP", a touching story that moved us. I was just annoyed by the waste of plastic in so many 3D glasses. People, with the planet on the verge of rupture I don't see the logic of forcing us to buy this glasses along with the tickets, when now it seems that 3D cinema became fashionable for the little ones. The only justification that makes me some sense is: "because we did not leave a decent world for the little ones to live in, then let us finish the job and extort them also all the remaining pennies in their piggy banks."! Like I said, 3D cinema became usual, then everybody who has children has probably 3D glasses at home. And only those who haven't could buy them at the cinema. I believe it would reduce largely the waste of plastic and everything that involves the production of these glasses.
And as usual at the end of vacation, stress and fatigue increases. Must of you must have already noticed by the tone of this post. Often the mental energy goes away at the same speed as physic energy, which for me didn't use to be an habit. But as in everything, you better hold still and wait for the clash to pass, minimizing efforts so that in the end you'll be able to respond appropriately. Therefore, the good feeling is down these days, but I leave you with Pink, which always amuses me, despite not having intentions (or courage) to burn the house down, do not worry!

Now a word about M.'s blog:
We have many ideas for posts prepared to show you, but the disorganization of M. will not allow it. Besides wasting time without channelizing it for things she most like doing (I swear I do not understand her. Me, at her age, couldn't get enough of life. I thought time escaped through my fingers. Played freneticly. Enjoy all the moments to make or plan something. We don't have to all be equal, nor am I reference for anyone, but it wouldn't cost to be a little more active in that matter!) the clutter of toys , "arranged" in
surreal places and unimaginable, we can not find the board of Pintas for the next post's photo. And I already said that if she does not cooperate, it will be the end of the blog. Yes, because I already have much to do without another blog to update. Even more, this blog is solely and exclusively of her interest. But as usual, she begins full of plans, counting me in, convincing me to help her (better read: do all the work for her), and at the first difficulty she quits. When you were little and quietter, it was possible to know where everything were around here. Now things have changed and even my personal items evaporate such as water in the desert. And now I'm tired, yes because mothers also get tired, they are human beings as the children, made from the same stuff. And if you give up from this project, I will not support it for you. It was supposed to be your dream, remember? I am here to help you accomplish it, but build it for you (or even dream it for you, if that gives you too much work) is another talk! No way, my girl!

It's getting long this post, excuse me!

13 agosto 2009

na praia...

on the beach...

... temos apanhado pedrinhas para futuras manualidades. E assistimos ao trabalho dos pescadores que, meio espectáculo meio dever, lá apanharam uns quilitos de peixe para o jantar. Há fotos que o testemunham, mas para já estão prisioneiras do telemóvel do maridão. Só espero que quando as puder passar para o computador elas revelem o esplendor daquele pôr-do-Sol recheado de gaivotas esvoaçantes. E nós ali tão perto! E nós ali mesmo debaixo delas! Fantástica sensação de liberdade!... As únicas vezes que estive em situação parecida foi ao passar por algum bando de pombos e confesso que a sensação não é em nada semelhante. Na segunda versão não me senti nada confortável. Ali com as gaivotas foi uma sensação de unidade com o meio envolvente, como se também eu ali pertencesse.

A M. pede desculpa, mas o tempo não tem chegado para actualizar o blog.

... we've been collecting pebbles for future handicrafts. And seeing the work of fishermen who caught a few pounds of fish for dinner. There are photos to witness this, but for now they are prisoners of husband's mobile phone. I only hope that when I can transfer them to my computer they reveal the splendor os that Sunset full of seagulls. And there we were right under them! Fantastic feeling of freedom... The only times I was in a similar situation was going through a flock of pigeons and I confess that the feeling is not in any way similar. The second version is not anything near comfortable. There with the gulls was a feeling of unity with the surroundings, as if I belonged there.

M. apologizes, but time is too short to update the blog these days.

10 agosto 2009

... ainda de férias ...

... still on vacation ...



Finalmente o sling já foi entregue. Fi-lo acompanhar de umas pantufinhas. Um mimo para dar as boas vindas ao petiz que aí vem. Já não deve faltar muito. Podem vê-las em detalhe no catálogo.
Finally, the sling has been delivered. I sent a pair of baby shoes with it. A gift to welcome the little one. Should be getting here anytime now. You may see them in detail in the catalog
 

Quero agradecer e muito o apoio que tantos amigos virtuais têm estado a dar à minha princesa e à aventura dela pela blogosfera. Ela anda toda orgulhosa! :) Muito obrigada!
I want to thank, all my virtual friends, the support you have been giving to my princess and to her blogosphere adventure. She is all proud! :) Thank you! 
 

E por falar nisso, quero aqui também divulgar um blog que descobrimos através do blog da M.. Chama-se Blog Infantil e pelo que já explorei por lá parece-me interessantíssimo, recheado de actividades para os mais pequenos. É um blog com muito por explorar. Queremos "perder-nos" por lá com tempo. Foi lá também que descobrimos a Biblioteca de Livros Digitais, por onde já andámos e queremos voltar sempre.
And by the way, I want also to tell you about a blog We've just discouvered through M.'s blog. The Blog is called Blog Infantil and from what I've already seen there, it seems very interesting, full of activities for the little ones. This is a blog with plenty to explore. It was there where we've also found the Biblioteca de Livros Digitais (Digital Library of Books), where we went and we want to come back always.

08 agosto 2009

o blog da M.


Finalmente, a M. já tem blog!
Depois de me ter tirado a vontade, e passado algum tempo para ganhar novo fôlego, cá está o tão aguardado blog. Visitem, participem, brinquem... Divirtam-se connosco!


Finally, M. has a blog!
Here is the much awaited blog. Visit, participate, play... Have fun with us!

06 agosto 2009

no mercado e na caneca

Alinhar ao centro
Jogos originais/tradicionais no Mercado das Artes. Isto passou-se a par da feirinha no Sábado passado. A M. não parou um só segundo, mas valeu-me a sua energia e insistência no que respeita a vendas! :) Se não fosse ela, não teria vendido nada. Mas se quiserem ver imagens da feira passem no Bem-Trapilho, que já lá estão.
Original/traditional games in Arts Market. This was passed along the fair, last Saturday. M. didn't stop for a second, but all that energy and insistence helped me on the sales! :) If it wasn'0t for M. I wouldn't have sold anything. But if you want to see pictures of the Market go to Bem-Trapilho.

Agora uma receita típica de "gajo" mas bem saborosa para nós também, e não se suja muita loiça, o que é sempre positivo.

Bolo da caneca

Prepare na própria caneca em que irá consumir e em apenas 3 minutos, no microondas.

Ingredientes:
- 1 ovo pequeno
- 4 colheres (sopa) de leite
- 3 colheres (sopa) de óleo
- 2 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
- 4 colheres (sopa) rasas de açúcar
- 4 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
- 1 colher (café) rasa de fermento em pó
Preparação:
- Coloque o ovo na caneca e bata bem com um garfo.
- Acrescente o óleo, o açúcar, o leite, o chocolate e bata até ficar homogéneo.
- Acrescente a farinha e o fermento e mexa delicadamente até incorporar.
- Após ficar uma massa homogénea, leve por 3 minutos ao microondas na potência máxima.
Dicas:
- Pode servir este bolo sem nada ou com coberturas, caldas, gelado... Use a imaginação.

Provámos e é bom, prático e muito rápido. Eu, que até não sou muito de doces, aprovei! E quase tudo feito pelo marido e filhota. Eu só ajudei. Mas foto não há. A máquina estava no sótão e comeu-se na hora, não sobrou para contar história.

Now a typical "guy" recipe but very tasty for us too, and doesn't make too dirty dishes as well, which is always a positive thing.

Cake in a Cup

To prepare in the cup in
which you will eat it and in only 3 minutes, in microwave.

Ingredients:
- 1 small egg
- 4 spoons (soup) of milk
- 3 spoons (soup) of oil
- 2 spoons (soup) shallow chocolate powder
- 4 spoons (soup)
shallow of sugar
- 4 spoons (soup)
shallow of wheat flour
- 1 spoon (coffee) shallow of baking powder

Preparation:
- Place the egg in the cup and beat well with a fork.
- Add the oil, sugar, milk, chocolate and beat until uniform.
- Add the flour and
baking powder and stir gently to incorporate.
- After being a homogeneous mass, bake for 3 minutes in the microwave (max. power).

Tips:
- You can serve this cake with nothing or with covers, grout, ice cream... Use your imagination.

We proved it and it is good, practical and very fast. I'm not even much of sweets, but I approved it! And it was almost everything done by husband and baby. I only helped. But no picture, sorry! The machine was in the attic and we ate it up in a second, no peace left to tell
the story.

03 agosto 2009

See you soon, James!

Afinal, parece que me leu! ;0) Depois de lhe ter pedido especificamente que viesse a Portugal, cá esteve o James a dar tudo o que tinha para nos encantar. E encantou! Mas, ao que parece, também saiu encantado connosco, deixando sair um desabafo: "-I'll play here anytime you want me!" ("Tocarei aqui sempre que me quiserem!"). E podes crer que queremos, James. Desta vez fomos 30 mil, para a próxima seremos ainda mais, certamente. Ele estava visivelmente agradado com o público e até brindou os fãs da primeira fila com um "toque" muito pessoal. Quem não achou graça foram os seguranças, que ficam sempre em verdadeiro pânico quando o artista resolve saltar para o meio do público.
O espectáculo "agarrou" o público desde o primeiro segundo. A energia foi coesa do primeiro ao último momento, terminando em alta com um humilde e agradecido James Morrison, ao som de "Wonderful World". Não interessa que andasse meio concerto a dizer que estava em "Portugalé". No final acertou: "I can only see it when Portugal is here with me"!
Deixo-vos com alguns vídeos deste concerto, que já andam pelo YouTube. Algumas das minhas músicas preferidas, como "Call The Police" ou "Nothing Ever Hurt Like You", não estão incluídas com muita pena minha, porque não as encontrei ou porque não gostei da qualidade das gravações.
After all, it seems that I read me! ;0) After I had specifically asked him to come to Portugal, James was here to give everything he had to enchant us. And enchanted! But he seemed also delighted with us, saying: "-I 'll play here anytime you want me!". And we want, James. This time we were 30 thousand, and there will be more of us next time, certainly. He was visibly pleased with the audience and offered the fans in the front row a very personal "touch". Who didn't find it funny was the security guards, who are always in panic when the star jumps into the middle of the audience.
The show "grabbed" the public from the first second. The energy was very cohese from the first to the last minute, finishing high with a humble and grateful James Morrison, to the sound of "Wonderful World". No matter that he was saying for half of the concert that he was in "Portugalé". In the end he got it: "I can only see it when Portugal is here with me"!
I leave you with some videos of this concert, which are already on YouTube. Some of my favorite songs, like "Call The Police" or "Nothing Ever Hurt Like You" are not included with my regret, because were not found or because I did not like the quality of recordings.



[Festival dos Oceanos - James Morrison]


[James Morrison - If You Don't Wanna Love Me]


[James Morrison - This Boy]

Ahhh pronto, tenho que falar também na Rita Redshoes e nos Klepht, que foram uma agradável surpresa para mim. Era para ter chegado mais tarde, sem muita paciência para lá estar muito tempo à espera do James. Confesso que o que mais me chateia em concertos, é ir muito cedo. Fico cansada antes de chegar a hora. Mas com medo de depois não arranjar estacionamento ao meu gosto, lá cheguei por volta das 21:30h, estavam os Klepht a começar a tocar. Ouvi-os de costas voltadas, confesso, não porque não estivesse a curtir, mas porque aproveitei para estar sentadinha nos degraus voltada para a belíssima Torre de Belém. Belo cenário o do Festival dos Oceanos, a propósito! E a Rita passou-se bem. Não sendo da minha eleição, gosto do som, gosto do feeling. Foi muito agradável também. As últimas músicas já foram vistas como deve de ser, com mais atenção, no meio da multidão, para conseguir um lugar mais ou menos para assistir ao James.
E foi assim que depois de acordar tão cedo para a feirinha, apanhar chuva por lá, andar o dia todo a tentar perceber se iria chover mais ou não, se iria ou não até Lisboa, se iria ou não deixar a M. a dormir na casa da avó, lá me decidi a não defraudar as expectativas do moço! ;o) Sim, porque depois de lhe ter pedido que viesse, não aparecer eu com a desculpa de : "-Ahh e tal, está húmido!", não me parecia bem, não acham? Obrigada S. Pedro, pela noite fantástica.
Uma última nota para parabenizar a organização do Festival dos Oceanos, que não teve atrasos nem contratempos que se notassem. Muito bom!
Ahhh OK, I must tell you also about Rita Redshoes and Klepht, which were a pleasant surprise for me. I was going to arrived later, without much patience to be there a long time waiting for James. I confess that what bothers me most in concerts, is to go very early. I get tired before the time comes. But then I was afraid that I wouldn't get to park the car where I wanted, so I got there around 21:30 pm, Klepht were just getting started. I heard them with my back turned, I confess, not because they were not cool, but because I decided to sit down on the steps facing towards the beautiful Torre de Belém. Nice scenario forthe Festival of the Oceans, by the way! And Rita went very good, as well. Not of my choice, I like her sound, like the feeling. It was very nice too. The latest songs have been viewed as it must be, with more attention, in the middle of the crowd, to get to a more or less good place to see James.
And that was like that, after waking ut so early to attend the market, get soaked there, passing all day trying to figure if it would rain more or not, whether or not to go to Lisbon, wondering if I'd leave the M. to sleep at grandma's house or not, and then I decided not to disappoint the kid's expectations! ;o) Yes, because after I'd ask him to come, I couldn't just not go with a laim excuse as: "Oh, 'cause it's wet." It seemed wrong, don't you think? Thanks S. Peter, for the fantastic evening.

A final note to congratulate the organization of the Festival dos Oceanos, which had no delays or setbacks that were noticed. Very good!
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin