23 janeiro 2008

muito mais...



É um ratinho, o Frederico, e é poeta sem ninguém saber. Enquanto os outros ratinhos trabalham arduamente para armazenar o necessário para um Inverno confortável, Frederico apanha raios de Sol, recolhe as cores da Natureza, junta palavras... Todos o julgavam preguiçoso, mas no frio mais frio do Inverno, quando as provisões já haviam terminado e já tinham falado tudo o que lhes havia lembrado falar, valeu-lhes o Sol, as cores e as palavras que o Frederico ainda tinha para lhes oferecer. No final de contas, todos aplaudiram e entenderam:
"- Mas, Frederico - disseram - Tu és um poeta!"
"Frederico corou, fez uma vénia e disse timidamente: - Eu sei."
O inverso da história de Cigarra e da Formiga, para ensinar aos mais pequenos que "nem só de pão vive o homem". O que dá riqueza à vida, muitas vezes não é visível nem palpável.



E bem a propósito, vem esta música que diz: "Fazes-me muito mais que o Sol!", e dedico-a à minha semente que, como sabem, é o meu Sol.

E ainda sobre presentes invisíveis, trago-vos um conto escrito por Paulo Coelho, para a época natalícia, intitulado "O Jogral de Nossa Senhora".
Nele se pode ler que "às vezes existem coisas mais importantes para oferecer - são os chamados «presentes invisíveis».". Certo dia, véspera de Natal, deu-se um milagre: Nossa Senhora desceu à Terra, com o menino Jesus nos braços. Vários monges quiseram homenageá-los com oferendas. No entanto, só um foi merecedor do feliz aplauso do menino. Descubram qual e porquê ao lerem este belíssimo conto, bem ao estilo que o Paulo Coelho desde sempre nos habituou. Basta clicarem no conto para ampliar.



Notas bibliográficas:
Frederico, de Leo Lionni, colecção Livros para Sonhar, editora Kalandraka.
O Jogral de Nossa Senhora, conto de natal de distribuição gratuita no Natal de 2007, de Paulo Coelho, editora Pergaminho.

18 comentários:

macati disse...

ola!
não sei porquê mas esse ratinho é-me muito familiar... será que eu li este livro qd era miuda? não faço a mínima ideia!
ja a tua filhota: parece-me que vamos ter outra blogueira na net! :)

maria-joão disse...

Será parente do Ratatui?
Ratatui foi o melhor filme que vi no cinema nos ultimos 10 anos.

sónia disse...

Muito bonito o conto do Paulo Coelho, já conhecia, e o final faz-me sempre sorrir.
:))

zime disse...

Gracias por pasar por mi blog y dejarme tantos mensajitos lindos ;)
Obrigada
(^v^)

*Artes da Sereia* disse...

Olá
Tenho k confessar que gosto muito deste cantinho :)
beijitos

Juca disse...

Olá minha querida,

Sei que estou em falta, mas a pecinha que estou a terminar tem dado um pouco de trabalho :D (para mim claro, que sou novata).

Quanto as obras que aqui apresentas são o máximo... eu devo confessar que sou fã do Paulo Coelho!

De tudo o que já li aprendi imenso com ele... sobretudo a acreditar!!!

Beijinhos grandes do fundo do coração

Brisa de Amor disse...

Oi Apo!!!
Adore a Pablo Coelho!
maravilloso todo lo que escribe y pensar cada palabra expuesta de el!

Parabens!!!

muitos beijos do Argentina!

Anya disse...

Pipokita linda ****

Tu também me fazes muito mais que o sol =D Só aquelas beijokas de bom dia valem mil sóis!
Tenho andado meio fujona porque as minhas meninas das explicações andam cheias de testes e a minha casa está mais inundada de livros e folhinhas do que o habitual, é um entra e sai...
Mas assim que posso venho logo a correr até aqui, saber das novidades =)
Ah eu não cheguei a dizer mas fiquei toda contente por teres conseguido visitar a avó pipoka =D Como ves... as bruxinhas também ajudam quando podem, hihihih.
Eu também tenho de ir visitar a minha, mora a 4 prédios de distância e não me vê ha 1 semana... 0_0 quando me apanhar da-me uma dentada (e dá mesmo lol). O "pior" é que eu amo tanto aquela "estrôncia" que passa 1 semana sem a ver e fico murchinha...=( depois é só vê-la que... PUFF... recarrego as energias e tudo o que me parecia triste passa a ser a koisa mais insigniicante do mundo... a ultima vez que ela foi de viagem fiquei tao desamparada que andei uma pilha de nervos. É estranho o poder que aquela preciosidade tem sobre mim... mesmo quando me berra ao telefone: "QUANDO APARECERES AQUI DESFAÇO-TE EM 3 TEMPOS, NETA DESNATURADA, ANDA CÁÁÁÁÁ... TAS COM MEDOOOO?"
lol
e eu vou... e desarmo-a com um sorriso daqueles... (mas por norma apanho uns tabefes no rabo LOL, como quando tinha 5 anos)

E é assim... quando falo dela alongo-me demasiado =D

Gosto-te amiga linda... do meu coração!

=)

Anya disse...

recebi e nao gostei... tive 14!

Vou a melhoria de nota =/ Mesmo só contando 25% da nota final...

bjoooo

Sonia M. disse...

Paulo Coelho. Gosto muito da forma "escorrida" como ele "fala alto" nos seus livros. É fantástico! Um amigo meu é amigo dele e diz que pessoalmente é um ser carismático, sensível e muito espíritual. É sempre bom relê-lo.

Quanto a esta música, adoro..pela mensagem e pelos acordes simples, é uma especial...Que dizer do Sol, o Astro rei, a energia maior.

Bjicus

avelaneiraflorida disse...

APO,
vim com mais um bocadinho de tempo para ver tudo com calma...e GOSTEI!!!!
Vou voltar!!!!
bjkas!!

Lenita disse...

Que engraçado... li há pouco "O Alquimista" e acho que foi lá que li esta passagem que aqui transcreveste... a história é maravilhosa... a gente sabe que é assim que funciona, quando nós realmente damos o melhor de nós... mesmo que não seja muito... acabamos por ser recompensados! Obrigada pelo comentário no meu novo blog! Sabes, para mim escrever nos blogues é apenas um sítio diferente para escrever... sempre escrevi muito, muito, muito, sobre tudo, é quase compulsivo, porque sinto essa necessidade, sinto mesmo. Colocar as coisas por escrito organiza-me internamente, sempre o fez e ter muitos blogues faz-me ter mais noção de mim própria, sobretudo porque se tratam de blogues sobre os assuntos que me estão directamente ligados... escrevo-os mais para mim do que para outros... para mim, ter muitos blogues é a mesma coisa que mexer pernas e braços ao mesmo tempo! É intuitivo! Olha, estive a ver bem o desafio das imagens e acho que me vai dar um trabalhão... eh, eh, eh, vai levar tempo! Tive um milhão de ideias!! Bem, dentro de um estilo mais moderno, escolheste pinturas magníficas, que também achei muito interessantes! Essa questão de misturar línguas nas músicas... eu acho uma ideia genial e uma aboluta delícia! Eu também adoro passear pelo teu cantinho de vez em quando! É mesmo um blog "alto astral" Beijokas!

☆Patricia☆ disse...

Oiii
Que legal,agora eu tenho uma amiga portuguesa=)
Pode deixa eu vou tirar algumas fotos e manda pra voce ai assim voce vai conhecer mais aqui!!
Eu vi o documentário e agora eu queria ler o livro,é bom?!?!
Hahahah igual eu,eu tambem utiliza e conseguia algumas coisas atravez dos meus pensamentos positivo e agora que eu vi o documentário vou usar meus pensamentos mais ainda hehe=)
Se cuida,beijos.

rosmayd disse...

Paulo Coelho es maravilloso gracias por regalarnos estos pequeños tesoros.

Abrazo Ro

Steffi disse...

I know the book of Frederick too!It´s a cute and nice book!

Anónimo disse...

Engraçado!
Passeei por aqui e qual não foi o meu espanto!
Estou a dar o conto "A Estrela" de vergílio Ferreira e ao falarmos das personagens, relemos a fábula de La Fontaine...
Não é que encontrei mais uma ideia! Ainda bem que passei, mais uma vez, por aqui.
Obrigada e vou voltar
bjitos
Mena

Anónimo disse...

Desculpa intervir novamente, mas escrevi Vergílio com minúsculas, imperdoável, é a pressa.
Até à próxima,
bjito
Mena

Cor de Mel disse...

Fico completamente nas nuvens com estes posts...
Que DELÍCIA!!!
Beijinhos,
Lia.

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin