28 dezembro 2007

_~ 300 ~_ ...e mais um desafio.



Passaram mais cem posts deste a última comemoração. Pois é! O Bom Feeling já comemora 300!!! E quase me esquecia de assinalar este feito. Mesmo com algum atraso quero deixar-vos o habitual mas sincero agradecimento pela simpatia bem expressa nos vossos comentários, que são uma importante contribuição para este Bom Feeling. Também quero agradecer às visitas (mesmo sem comentários) que têm aumentado exponencialmente (já ultrapassaram as 17 mil!!!), o que me deixa muitíssimo espantada, pois este não é um blog específico de nada (manualidades, vendas, escrita, seja lá o que for!). É apenas o reflexo dos meus gostos e é bem curioso ver que são partilhados por tanta gente e de todos os cantos do mundo!!!



E agora para algo completamente diferente: recebi um daqueles desafios que eu gosto da Dulce e cá estou eu a responder.
Querida, obrigadíssima por te lembrares de mim.


Desafio:

O que te choca: O egoísmo e falta de civismo de toda a gente, a começar pelos políticos que, regra geral, mal se apanham no poder só pensam em salvaguardar a sua situação e dos seus e os deveres profissionais ficam logo relegados para segundo plano (será??? se fosse segundo plano já nem seria de todo mau!). Mas também o egoísmo e falta de civismo no trânsito, nas filas de espera... um pouco por todo o lado. As pessoas parece que deixam de ser humanos e se tornam autênticos bichos nestas situações.
O que te arrepia: Beijos no pescoço. (No comments!)
O que te excita: A aproximação do aniversário da minha filhota, por adorar ver a alegria dela.
O que me solta: Ouvir boa música, principalmente ao vivo.
O que te faz rir: As gracinhas da minha filha, o Mr.Bean, uma anedota bem contada...
O que te faz chorar: Uma grande perda, mas também uma grande felicidade mesmo que dos outros.
O que te faz náuseas: Ler no carro (é mesmo automático!).
O que te faz falta para ser feliz: Não sei, mas sou terrível porque sou a típica "eterna insatisfeita". Sou muitíssimo exigente, quer comigo própria, quer com tudo o que me rodeia. Mas à medida que vou crescendo vai sendo mais frequente ter momentos felizes. Ver a minha filha rir, por exemplo, faz-me muito feliz. Acho que vou aprendendo a aperceber-me da felicidade que tenho, mas por vezes só quando olho para trás me apercebo de que era feliz e não sabia!
O que te trás infelicidade: Acho que em primeiro lugar sou eu própria, ao não me aperceber do quão feliz sou (isto na continuação da última resposta). Mas em geral são as desgraças que a toda a hora se vêem quer nos noticiários e nas ruas à nossa volta.
O que te magoa: A falta de lealdade por parte de alguém que se julgava amigo.
O que desejas: Um emprego que me realize profissionalmente (please!!!!).
O que receias: A falta de saúde.
O que não queres perder: O amor da minha filha.
O que queres alcançar: A felicidade (a tal "coisa" um tanto ao quanto abstracta e não palpável!).
Uma data que abomines: Não creio que haja alguma.
Uma festividade que adores: O aniversário da minha filha e o Natal, como já disse para ver a felicidade estampada no rostinho da minha semente.
Uma qualidade que aprecias numa pessoa: Só uma? É complicado! Acho que tenho que escolher aquele pacote de boas qualidades que nos permitem dizer que alguém é "boa gente".
Uma mentira que tenhas dito: Detesto mentiras e não costumo nem tenho jeito para mentir. Posso omitir mas normalmente não minto. Mas a última foi à minha filha, no hospital, quando lhe foram pôr o catéter na mão e eu lhe disse que não iria doer nada.
Uma nostalgia: Tenho muitas, quase todas ligadas à infância, principalmente às brincadeiras com os amigos de infância, as sensações e os cheiros.

Bem, e terminou o desafio! Como de costume, para quem já me conhece, não passo directamente o desafio a ninguém, não fosse eleger alguém que até nem apreciasse este tipo de desafios. Mas quero que sintam a liberdade de se proporem a ele caso ainda não o tenham respondido e, tal como eu, gostem deste tipo de coisas. Tenho todo um espaço para comentários à vossa espera! :) Feel free!

8 comentários:

Márcia Padilha disse...

Um novo ano surge em nossa frente.
Vamos encará-lo com ânimo e esperança, fé e alegria.
Vamos festejar, pois a própria vida é uma festa, uma emoção.

Que o amor a Deus, à vida e ao próximo
Estejam sempre presentes com você neste novo ano.

Que o espírito da conquista esteja em seu coração.

Que o passado traga a experiência necessária
Para realizar os planos para o futuro que se aproxima


Feliz Ano Novo!!!

Lojinha da Avó Mina disse...

Um beijinho grande e um excelente ano é o que lhe desejo e aproveito para lhe dizer que a adicionei ao meu Blog, para assim poder visitá-la com maior regularidade.

Guilhermina

Juca disse...

Olá minha querida,

Bolaaaaas... isso está mesmo num pé de vento!!!

As melhoras para todos!!

Olha agora o tempo não é muito, mas qd tudo voltar à normalidade vou responder ao teu desafio!

Beijokinhas

MARGARIDA disse...

vim deixar os meus votos de um excelente 2008.
espero que consiga concretizar todos os seus sonhos e ambições, muita saúde e muita paz.
Beijos

Arte na Mão disse...

Quero desejar-te tudo de bom para 2008, sem hospitais e com muita alegria....resumidamente que 2008 seja um bom ano para todos nós, beijinhos grandes,
Alik

maria-joão disse...

Feliz 2008 para voçês, replecto de alegria!

Filipa Soares disse...

Muito curioso...
Senti-me próxima da forma como te manifestas perante uma série de questões...
Dá uma espreitadela ao meu recanto...e perceberás, desde logo, isso mesmo...
nem fazia ideia de que o desafio tinha corrido tanto...

Vou espreitando este canto com mais atenção...

Posso adicionar-te este canto ao meu?

Abraço...

Dulce disse...

BOM DIA 2008,

Não resisti, e como acordo cedo, tive que vir ao computador, é uma doença. Todos dormem ao som da tranquilidade do Alentejo e eu tranquila vim fazer umas visitas. Gostei do que li, és uma pessoa que vou sempre admirar, concerteza, gosto de pessoas sinceras e frontais.
Que o Ano que hoje começa te traga o melhor e o desejo do emprego se concretize.

Um beijo grande, logo ao fim do dia já estou de regresso a Lisboa e à vida citadina.

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin