18 março 2012

... mais dias... e mais noites...


"Ahhh já foi há nove anos!?... Então é como se fosse mãe pela primeira vez novamente!" - dizia-me uma funcionária do hospital onde a L. nasceu.
Mãe pela primeira vez, não diria, mas que se tem de reaprender certos procedimentos, lá isso tem. Mas a maioria são como andar de bicicleta: parece que já não se sabe, mas acabamos por lhe apanhar o jeito logo, logo. Os biberões contudo, com a M. só tive oportunidade de experimentar mais para a frente. Com a L., e como ela é "pisca", como lhe chamou a enfermeira do Centro de Saúde, quis começar mais cedo com um complementozinho. De dia para dia lá tem corrido melhor. Até porque ela própria também tem que aprender a lidar com a tetina. E depois agora há umas com três tipos de fluxo, com air-control... e anatómicas... e em cilicone... No primeiro biberão engasgou-se, apesar do fluxo ser do menor possível. Não me apetecia nada voltar a repetir a experiência. Mas, no dia seguinte lá me enchi de coragem e experimentei uma tetina de um só furinho. Ahhh e que giras que são agora algumas tetinas que procuram imitar melhor o mamilo da mãe. O furinho já não é na ponta, como nas antigas, e a tetina é mais larga, para encher bem a boca do bebé. Desta vez, a L. demorou tanto tempo para mamar... mesmo muito... que o leite ficou completamente frio. E, por vezes, ela deixava entornar imenso leite para fora da boca. Apesar de estar mais de 45 minutos a tentar que ela bebesse o leite, e apesar dela parecer continuar interessada em bebê-lo, e apesar de ter entornado mais do que bebeu certamente, demos por concluída a tarefa com apenas uns 50 ou 60ml esvaziados do biberão!!! Pouco. Muito pouco! Bom, mas nada que uma mamoca não resolva. :) Mais uma tentativa, no dia seguinte, com uma tetina de um só furo mas que parecia maior do que a anterior. Engasgou-se uma vez, mas bebeu os 60ml todos e espantosamente depressa, sem entornar muito. Contudo acho que foi demasiado rápida. Também nem tanto ao mar nem tanto à terra, como costumava dizer a minha mãe. Hoje voltei a dar-lhe na tetina do furinho mais pequeno. Bebeu depressa, para meu espanto. :oO E nao entornou quase nada. Parece que só precisava aprender a mamar nas tetinas.
E cá continuamos, dia após dia, noite após noite, seguindo o ritmo do come e dorme da princesa. E eu chhheeeiiiaaaa de sono! Ai, que já não me lembrava do quão esgotante eram estes primeiros tempos! :oS

Já agora, deixem-me só dizer-vos um mais que merecido "obrigada", que já me estava a esquecer. Agradeço do fundo do coração todos os comentários super-carinhosos que aqui me têm deixado. Sabe muito bem sentir o vosso carinho. Para já não tenho tido tempo nem cabeça para vos visitar a agradecer particularmente. Mas acho que compreendem, não é? Obrigada!

5 comentários:

xunandinha disse...

minha querida amiga ser mãe duas vezes não tem nada a ver é sempre o primeiro,os mesmos medos a paciência se não vai de biberon, vai de mama, se chora ficamos aflitas, mas se dorme muito lá estamos nós sempre vigilantes, amor de mãe é assim mesmo,beijinhos para as três

Carla disse...

Apesar de atrasada não podia deixar de vir dar-lhe os meus sinceros parabéns pela sua linda bébé. Imagino realmente o que é voltar a velha rotina passados 9 anos.........devias mesmo era ter todos de seguida para não perder a pratica...... Beijão e muitas felicidades e muita mas muita saude para essa bébé

Conceição disse...

Olá amiga,

os primeiros tempos são assim mesmo e um filho nunca é igual ao outro. Eu tive essa "batalha" mas foi com os meus seios, como não tenho o bico saliente elas custavam a pegar e ficaram em ferida. É tão bom quando eles crescem e começam a falar e a dizer onde dói quando choram. As minhas têm 5 anos de diferença e lembro-me de noite me levantar para dar de comer a uma e às vezes a outra tb pedir leite à noite., era um "pisca" que mal comia.
Beijocas e boa semana
São

mfc disse...

Não te preocupes...
Temos muito tempo e a miudinha está em primeiríssimo lugar!
... e está liiiinda!!
Parabéns mais uma vez e muitos beijinhos.

Tintas linhas e manias disse...

O bebé está lindo! Que saudades dos meus filhotes quando tinham essa idade...
Beijos grandes
Isabel

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin