11 abril 2010

de mão no barro



Continuando com os ateliers, falo-vos hoje do dia em que conhecemos Bordalo Pinheiro, na Biblioteca. No final, trabalhámos com barro e tentámos imitar um dos seus famosos pratos em faiança. Não tenho agora aqui imagem do trabalho terminado. A este falta o verniz. Mas assim que possa mostro-vos uma fotografia.
[Já a tenho aqui! ;o)]



Ontem, fomos até Palmela para voltar a meter a mão no barro. A M. fez uma jarra e experimentou também trabalhar na roda de oleiro. Adorou! E eu também, apesar de só estar a assisitir. Desde criança que sou fascinada pela roda de oleiro. Ver o barro tomar forma como que por magia. Saiu-lhe um cinzeiro que agora irá a cozer para depois o irmos buscar.

2 comentários:

Licsk disse...

...que delícia!!!!!!!!!!

Juca disse...

Olá Madrinha querida,

Bemmmm isto é que é trabalhar :D
A M. está a tornar-se uma artesã de mão cheia! Tanto o prato, como a jarra e o cinzeiro estão um verdadeiro mimo!

É tão bom fazer estas coisas! ;)

Beijokas grandes

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin